sábado, 17 de outubro de 2009

Cumprida a primeira missão, agora só falta a Argentina começar a jogar um bom futebol


Se dentro de campo o jogo entre Uruguai e Argentina não foi nada animador e empolgante, fora dele a coisa é bem diferente. Reflexo das acusações de Dom Diego Armando Maradona, que decidiu despejar na imprensa, toda sua fúria pelas criticas quando ao seu trabalho de treinador da seleção de seu país.

Como de fato, o principal objetivo de Maradona a frente da Argentina era se classificar para a Copa do Mundo. Ok, a duras penas e no sufoco ele conseguiu. Mas pelos jogadores que possui, por toda sua história e até mesmo pelo nível dos adversários, a Argentina não precisava passar por toda essa dificuldade para se classificar.

Esta não é uma seleção qualquer. Estamos nos referindo a uma das maiores seleções do planeta, de grandes craques e que sempre é apontada como uma das fortes candidatas ao título de todas as competições em que disputa.

Completado a primeira missão, agora Maradona terá uma muito maior pela frente, que é fazer com que sua equipe comece a jogar futebol. Coisa que até agora não vem acontecendo. Colocar ordem tática e técnica, selecionar os melhores jogadores, ter variações de jogadas, etc... Elementos que somente um treinador pode aplicar.

O tempo é curto e os números não mentem. Por isso, confira abaixo, alguns dados da seleção Argentina na Era “Maradona”:
Jogos: 13
Vitórias: 9 (cinco em amistoso e quatro em eliminatórias)
Derrotas: 4
Gols pró: 21 (média de 1,61)
Gols contra: 16 (média de 1,23)
Total de jogadores convocados: 78

Campanha da Argentina em Eliminatórias desde que ela passou a ser disputada pela fórmula de pontos corridos:
1998: 1º colocado
2002: 1º colocado
2006: 2º colocado
2010: 4º colocado

Jogos da “Era Maradona”:
12/08/09 – Amistoso: Rússia 2 x 3 Argentina
11/11/08 – Amistoso: Escócia 0 x 1 Argentina
11/02/09 – Amistoso: França 0 x 2 Argentina
28/03/09 – Eliminatórias: Argentina 4 x 0 Venezuela
01/04/09 – Eliminatórias: Bolívia 6 x 1 Argentina
20/05/09 – Amistoso: Argentina 3 x 1 Panamá
06/06/09 – Eliminatórias: Argentina 1 x 0 Colômbia
10/06/09 – Eliminatórias: Equador 2 x 0 Argentina
05/09/09 – Eliminatórias: Argentina 1 x 3 Brasil
09/09/09 – Eliminatórias: Paraguai 1 x 0 Argentina
30/09/09 – Amistoso: Argentina 2 x 0 Gana
10/10/09 – Eliminatórias: Argentina 2 x 1 Peru
14/10/09 – Eliminatórias: Uruguai 0 x 1 Argentina

Jogos pelas Eliminatórias: 8 ( 4 vitórias e 4 derrotas)
Jogos Amistosos: 5 ( todos vencidos)

19 comentários:

Fernando Gonzaga 17 de outubro de 2009 14:37  

o que o Maradona conseguiu não foi mais do que sua obrigação...a missão agora é resgatar o bom futebol da seleção argentina, pois uma nação que conta com jogadores do nível de ,Messi, Aguero e Tévez não pode se contentar em jogar um futebolzinho destes...

abraço!!!

AF STURT 17 de outubro de 2009 15:18  

Com o Maradona a Argetina vai é da vexame na copa ,isso sim ...
ABS!

Adriano 17 de outubro de 2009 17:29  

Ótimo texto, Jessica, mas tem uma coisa: jogar bom futebol eles sabem. Falta é criar vergonha na cara, igual a nossa seleção fez quando a coisa estava ficando insustentável.

Grande abraço!
Adriano

Rodrigo Gomides 17 de outubro de 2009 21:04  

Futebol a seleção argentina tem de sobra. No entanto, não possui comando e falta esquema tático.

Denilton "Pé" 17 de outubro de 2009 23:06  

Jésica,eles irão jogar um bom futebol qaundo criarem coragem de mandar a arrogancia de seu tecnico e o própio para bem longe do selecionado Argentino,enquanto isso não ocorrer vai ser esse futebol mediocre que vem sendo apresentado ppor uma seleção onde o que não fata é talento.
Bjs!!!

ArgentinaBrasilJuntos 18 de outubro de 2009 03:09  

Falta trabalho, tática, e muito mais no time argentino. É essencial outro tipo de treinador quanto Marcelo Bielsa.
Excelente texto Jessica!!
Um abraço desde Buenos Aires!!!
Sebastián

Futebol ao Cubo 18 de outubro de 2009 03:43  

Demorou pra postar novamente, hein? Entrava aqui todo dia pra ver se eu já podia dizer que fiquei curioso pra ver seu caderno haha


Vou me concentrar só na parte tática; sobre a coletiva do Maradona muito se falou já.

Acho que dá sim pra jogar com três atacantes, mas não pode ser o trio Messi-Tevez-Agüero, carece um centroavante mesmo, e só vejo dois com condições de serem titulares numa Copa: Diego Milito ou Lisandro López.
Nesse caso, Agüero sobraria.

Meiocampisticamente (?) falando, não vejo como e nem por quê ser diferente de duas dessas formações: Mascherano, Cambiasso e Verón ou Cambiasso, Verón e Lucho González.

Na defesa... Bom... Só Díos sabe mesmo...


Abraços! E siga visitando meu blog!

Carlos Henrique Pereira 18 de outubro de 2009 10:17  

Bom Futebol sabemos que os hermanos têm, porém sempre falta alguma coisa para eles vencerem. As copas do mundo que venceram foram temperadas com irregularidades, assim como a vitória sobre o Brasil na copa de 90.

Acho que a tradição deles sempre se acharem superiores, melhores que os demais atrapalhe na hora de se concentrar na partida como se deve.

Abraço,

Visitem:
http://blogcraquesdebola.blogspot.com
http://momentoempauta.blogspot.com

Carlos Henrique Pereira 18 de outubro de 2009 10:18  

Bom Futebol sabemos que os hermanos têm, porém sempre falta alguma coisa para eles vencerem. As copas do mundo que venceram foram temperadas com irregularidades, assim como a vitória sobre o Brasil na copa de 90.

Acho que a tradição deles sempre se acharem superiores, melhores que os demais atrapalhe na hora de se concentrar na partida como se deve.

Abraço,

Visitem:
http://blogcraquesdebola.blogspot.com
http://momentoempauta.blogspot.com

Gremista Fanático 19 de outubro de 2009 10:29  

Analisando os confrontos da seleção Argentina na era Maradona, os resultados que marcam de forma negativa a campananha sem duvidas são as derrotas para Bolivia, uma goleada historica, e a derrota em casa diante do Brasil, seu eterno rival, os demais ate que não fogem muito de um retrospecto favoravel, mas as coisas terão que mudar, Maradona tem muito trabalho pela frente. Otimo post, beijos Jessica.

Jessica Corais 20 de outubro de 2009 12:45  

Fernando, concordo com tudo que você escreveu. A Argentina tem jogadores de ótimo nível individuais, mas falta um treinador para conseguir transformar isso em coletividade.

Obrigada pela visita e pelo comentário.

Jessica Corais

Jessica Corais 20 de outubro de 2009 12:47  

AF, neste momento, por tudo que foi apresentado até agora na Argentina de Maradona, acho que ela pode realmente dar vexame.


Obrigada pela visita e pelo comentário!

Jessica Corais

Jessica Corais 20 de outubro de 2009 12:50  

Obrigada pelo elogio Adriano! Realmente falta aquele "algo mais" na seleção argentina. Mas o que falta neste momento principalmente é treinador.

Obrigada pela visita e pelo comentário!

Jessica Corais

Jessica Corais 20 de outubro de 2009 12:51  

Rodrigo, futebol tem de sobra mesmo, pena que não estamos vendo isso na prática.

Obrigada pela visita e pelo comentário!

Jessica Corais

Jessica Corais 20 de outubro de 2009 12:53  

Denilton, o dilema é este: Será que isso tudo irá acontecer até a Copa?

Obrigada pela visita e pelo comentário!

Jessica Corais

Jessica Corais 20 de outubro de 2009 12:56  

Sebástian, acho que falta quase tudo na Argentina. Jogadores eles tem e dos bons, mas faltam usar este talento todo dentro de campo.

Obrigada pelo elogio quanto ao texto!!!

Valeu pela visita e pelo comentário!

Um abraço desde o Rio de Janeiro!

Jessica Corais

Jessica Corais 20 de outubro de 2009 13:00  

Meu companheiro de caderno!!! rs

Concordo, a Argentina precisa jogar com um centroavante fixo mesmo. Sem isso, falta objetividade.

Outro ponto é Veron, acho que ele pode ser utilizado sim, mas todas as responsabilidades não podem recair sobre ele.

E nesta Argentina que Maradona está montando, Veron não ajuda muito, já que a velocidade não é a caracteristica dele. Como é de Messi, Aguaro e cia.

A defesa, é muito complicado mesmo. Precisa de uma reformulação.

Obrigada pela visita e pelo comentário!

Jessica Corais

Jessica Corais 20 de outubro de 2009 13:02  

Carlos Henrique, só que em 2010 falta muita coisa. Hoje, não vejo a Argentina como uma das favoritas para a Copa, porém sempre nessas competições eles crescem e muito.

Obrigada pela visita e pelo comentário!

Jessica Corais

Jessica Corais 20 de outubro de 2009 13:04  

Gremista, agora é que o trabalho de Maradona precisa começar. A Argentina não tem base alguma pra Copa e isso é preocupante.

Valeu pelo elogio!

Jessica Corais

  © Blogger template 'Solitude' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP