quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Assim como na final da Libertadores em 2008, Flu luta, mas a festa é da LDU... de novo



Não foi um jogo dos mais técnicos e muito menos um dos mais bonitos de serem assistidos, porém se faltou técnica, sobrou vontade por parte dos jogadores, principalmente do lado tricolor. Algumas vezes, o desejo de se conseguir o resultado, foi confundido com deslealdade, tanto que três jogadores foram expulsos, De la Cruz e Campos, da LDU, e Fred pelo Fluminense.

A missão tricolor era de fato bastante complicada. Era preciso fazer quatro gols para levar a partida para a prorrogação e fazer mais um, para se sagrar campeão da Sul-Americana 2009. Com isso, Cuca abandonou o 3-5-2, das últimas partidas, e atuou no 4-3-3, com Adeílson aberto pela esquerda, Alan pela direita e Fred mais centralizado.

Esta mudança agregada à vontade dos jogadores do Fluminense surtiu efeito. Tanto que no primeiro tempo e com um homem a mais em campo, já que De la Cruz tinha sido expulso com 11 minutos de partida, o placar era 2 a 0. Gols de Diguinho e Fred.

Na segunda etapa, a pressão tricolor continuava e a LDU, ao contrário da primeira partida em Quito, era uma equipe totalmente recuada e sem o menos poderio ofensivo.

Aos 27 minutos, Gum, o zagueiro artilheiro tricolor, fez o gol após cobrança de escanteio.

Era 3 a 0 e só mais um gol levaria a decisão para a prorrogação.

Contudo quando o Flu começou a acreditar no título com mais veemência, aos 30 minutos do segundo tempo, Fred perdeu a cabeça, reclamou e foi expulso pelo árbitro Carlos Amarilla.

A expulsão foi como um balde de água fria na esperança tricolor. As oportunidades não surgiam, tanto que até o final da partida, o Fluminense deu apenas dois chutes a gol.

O Flu passou a abusar de faltas bobas e dos erros de passe, fruto do evidente nervosismo. Com isso, a LDU só administrou a vantagem que tinha e levou a partida com certa tranquilidade até o final.

Mais uma vez, a LDU conquista um título internacional no Maracanã e em cima do Fluminense... E a história se repete.

Abraço a todos, Jessica Corais

11 comentários:

carol sakurá 4 de dezembro de 2009 10:08  

Olá!

Não deu para o FLU!
Aguardemos uma campanha melhor no pxmo ano.
Abs e ótimo fds!

Carol Sakurá

Carlos Henrique Pereira 4 de dezembro de 2009 12:57  

Agora só resta a vitória do Coritiba e do Flamengo no domingo pra me deixar ainda mais feliz!

Abraço,

Visitem:
http://blogcraquesdebola.blogspot.com
http://twitter.com/craquesdebola

Thiago dos Santos 4 de dezembro de 2009 14:29  

A LDU é uma merda de time no nível do mar ou respeita d+ o tricolor carioca, pq o que se viu foi um time covarde.

Vlw Jessica, Obrigado por comentar no meu blog.

Thiago

Adriano 4 de dezembro de 2009 15:08  

Jessica, o jogo deixou mesmo a desejar, mas pelo menos foi uma demonstração do time de que ainda vale a pena torcer e brigar pelo Fluminense, que após uma fase duríssima mostrou vergonha na cara e reverteu uma situação absolutamente imprópria para o peso dessa camisa.

E o herói mais uma vez foi o vilão... se Fred tivesse seus nervos no lugar certo, e não à flor da pele, poderia permanecer focado no jogo ao invés de bater cabeça com o árbitro. Ou ele achou, do alto de sua experiência internacional, que o juiz lhe pediria desculpas após ouvir a reclamação?!

O time perdeu, mas defendeu a camisa como pôde e recebeu a prata com honra, pois perder lutando, no esporte não é vergonhoso. Alguém vai ter que perder...

Grande abraço!
Adriano

Anderson Santos 4 de dezembro de 2009 15:10  

A prórpia imprensa equatoriana admitiu que foi a atuação "mais opaca" da LDU nos trÊs títulos recentes contra brasileiros. O Fred matou qualquer chance de chegar ao placar desejado ao ter sido expulso naquele momento e por uma besteira daquelas.

Entendo que ele é um bom jogador e só não foi mais importante que o Conca na atual fase tricolor, mas não poderia ter feito aquilo - a cabeçada - com a experiência que tem.

Esron 4 de dezembro de 2009 22:01  

A revanche não veio, lamento pelo Flu, principalmente pelo espetáculo que a torcida fez no Maracanã, foi lindo ver a torcida do Flu, Quarta.

Abraço

Visite
Esporte Revizuiri
e tb
FC Velho Continente - Camp. Inglês

Futebol ao Cubo 5 de dezembro de 2009 09:30  

Irmã do irmão sumido =P

Foi uma pena, realmente me empolguei com o Fluminense nesse jogo, de por a mão na cabeça e tudo, lamentando chances perdidas.

Só não concordo com isso de "administrou a vantagem". Se administrasse tocando bola no ataque, não dando chutões, tudo bem; a LDU não faz isso, faz o antijogo, é lamentável essa mentalidade - aceita pela mídia - de fazer cera, rolar no chão... Quem pagou ingresso vê só uns 35 minutos de jogo no 2º tempo.


Beijos!!

Chilavert 5 de dezembro de 2009 11:03  

a LDU já se sente em casa no Maracanã.

Jessica, se o jogo fosse no Olimpico, aí o Grêmio iria pra cima. Mas, na verdade, boa parte dessa situação é culpa do Grêmio. Se tivesse deixado o Palmeiras, SP e Cruzeiro ganharem, as coisas nao estaria assim hoje.

Claudio Henrique 5 de dezembro de 2009 22:30  

É Flu, não deu dessa vez, espero que ano que vem dê certo.


Abraços

Felipão 6 de dezembro de 2009 12:36  

Confesso que estou torcendo para o Fluminense escapar da fdegola, assim como torci nesta final da Sulamericana... a força que estão mostrando é impressionante...

Douglas Nacif 7 de dezembro de 2009 03:45  

Obrigado pelo comentário no Buteco...

Adorei seu blog...Quer fazer uma troca de links?

Qualquer coisa passa no buteco e avisa!

Abração,

Nacif.

  © Blogger template 'Solitude' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP