quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Análise dos jogos de ida entre Lyon e Real Madrid, além de Milan e Manchester United

Análises das vitórias de Lyon e Manchester United pelo jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões:


Lyon 1 x 0 Real Madrid




Com gol de Makoun, o Lyon obteve uma importante vitória no jogo de ida da Liga dos Campeões sobre o Real Madrid. Com isso, o tabu da equipe espanhola de nunca ter vencido os franceses se mantém, mas agora são três derrotas e dois empates.

A princípio, a idéia tática do Lyon era se defender de maneira compacta, marcando a saída de bola e saindo para os contra ataques. Já o Real tinha como proposta de jogo, as investidas de Kaká pela direita e a categoria de Cristiano Ronaldo para conquistar um bom resultado.

Porém, à medida que o tempo passava, algumas coisas ficaram muito evidentes. A primeira delas é a dificuldade que o Real Madrid tem na criação de jogadas. Talvez um dos motivos deste problema seja a posição em que Kaká joga, ou seja, totalmente deslocado pela esquerda, já que ele poderia render mais na pelo meio, auxiliando no trabalho na armação.

Outro fator que ficou bem claro no time de Madri, é que a equipe não consegue jogar coletivamente. As principais tentativas de jogadas no ataque eram construídas a base da técnica individual. Ora com Cristiano Ronaldo, ora com Kaká, e ora com Benzemá, que entrou no segundo tempo e até tentou em alguns momentos o gol.

Fora isso, pelo menos neste jogo, o Real não conseguiu ser um time.

Já o Lyon, tinha como formação tática o 4-3-3, porém quando não tinha a posse de bola, se tornava um 4-5-1, com Delgado e Govou voltando para auxiliar o meio de campo, e Lisandro Lopes como única referência na área.

O time francês tecnicamente é inferior ao Real Madrid. Por isso uma das maneiras de vencer os merengues era na base da aplicação tática e na dedicação de seus jogadores, e eles conseguiram fazer isso.

Este confronto ainda não está decidido, mas se o Real Madrid não conseguir jogar de maneira coletiva e se o Lyon conseguir ter no jogo da volta a mesma dedicação e organização tática, é bem plausível que pela sexta vez consecutiva os espanhóis não cheguem as quartas de final.


Milan 2 x 3 Manchester United




Num jogo emocionante, o Manchester United, pela primeira vez, venceu o Milan por 3 a 2, jogando no San Siro e com isso deu um passo muito importante rumo a sua classificação para as quartas de final da Champions League.

Os primeiros 15 minutos de jogo foram totalmente do Milan. O time de Leonardo fazia uma marcação sobre pressão e tinha boas jogadas de ataque, a maioria delas vinha dos pés de Ronaldinho. Enquanto isso, os Diabos Vermelhos além de sofrer um gol bem cedo, tinha sérios problemas defensivos. A marcação não se encaixava, inclusive a realizada em Gaúcho que era feita, no inicio, por Rafael.

Quando o Manchester conseguiu encaixar sua marcação, o time passou a ter domínio, mesmo que parcial. Já o Milan, não conseguia imprimir o seu ritmo inicial e passou a se defender.

O gol de empate de Scholes, de canela, igualou por completo a partida e os dois astros das duas equipes viviam momentos quase iguais. Ronaldinho e Rooney eram bem marcados, entretanto quando a bola chegava até eles, os dois sempre conseguiam armar boas jogadas, ou até mesmo para própria conclusão.

Com a partida igualada, brilhou mais o poder de decisão de Rooney do que o de Ronaldinho. Porém o resultado desta partida não deve a somente isso.

Primeiro é de se ressaltar os passes de Valência e Fletcher para os gols de Rooney, todos milimétricos. Segundo ponto foi às falhas defensivas do Milan, coisa que vem acontecendo já alguns jogos.

Rooney desequilibrou quanto teve as oportunidades de marcar, mas elas surgiram através de jogadas trabalhadas, passes precisos, etc. Além de jogar num time totalmente organizado, que tem funções bem definidas, pois nenhum grande jogador brilha sozinho. Enquanto Ronaldinho quando teve a bola em seus pés, também foi bem, mesmo não tendo o poder de finalização do inglês, pois os dois possuem características diferentes.

Porém os times também têm um papel fundamental, pois os dois jogam de maneiras diferentes diante das características de seus principais jogadores. Enquanto o Milan se estrutura de uma maneira em que Ronaldinho Gaúcho possa ser o principal armador, o Manchester joga buscando sempre Rooney para a conclusão das jogadas e neste jogo, o modo Red Devils de jogar futebol foi mais eficiente.

Agora resta saber quem se dará melhor no jogo da volta. Se será as assistências de Ronaldinho Gaúcho, ou as finalizações de Rooney... Vamos aguardar.

Abraços a todos, Jessica Corais

5 comentários:

Eddy 17 de fevereiro de 2010 20:12  

Oi Jessica, estou seguindo teu blog, e estive procurando pelo seu banner, e não encontrei gostaria de propor a te uma troca de banner, se interessar é só falar, um grande abraço, uma pergunta Jessica: mim ajude a descobrir qual é o esquema tático do Milan?
Estive vendo o jogo contra o Manchester, e o que vi foi um bando em campo, o que vc acha do Leonardo como trinador?

Blog do Rubinho 17 de fevereiro de 2010 21:59  

Olá Jessica,obrigado pela visita e comentario no meu blog;Parabens pelo seu trabalho, o que não é para qualquer um,principalmente,quando o assunto é futebol.Não sou nenhum fanático por futebol,mas,gosto de ver algumas partidas,principalmente aquelas de decisões,copa do mundo,enfim. Como voce viu no meu blog,faço miniaturas da stock car,e,o Corinthians para comemorar os100 anos,vai patrocinar o carro do R.ZONTA,espero fazer muitas miniaturas deste carro,assim,temporarimente serei torcedor corinthiano. Desejo a voce muito sussesso na sua carreira de comentarista de futebol, F1,e,quem sabe, um dia,voce possa estar fazendo um comentário sobre o corinthians e as minhas miniaturas,não???
Um Grande Abraço.


Rubinho.
,

Claudio Henrique 18 de fevereiro de 2010 00:34  

É Jessica.

Não esperava uma vitória do Lyon contra o Real Madrid, mas assim como você acredito que o time espanhol passa para as quartas.

Quanto a Milan x Manchester, tem tudo para ser um bom jogo na volta, tomara que tenha o mesmo nível da partida de ida.

Grande Abraço.

Anderson Santos 18 de fevereiro de 2010 15:19  

Esse é o problema do Real Madrid. Não dá para esperar resultados imediatos num time em que toda a temporada muda mais da metade.

O Ronaldinho jogou bem contra o Manchester, mas espero que as TV's do Brasil também falem sobre ele quando joga mal, afinal desde a derrota para a Inter que ninguém citava Ronaldinho em campo. Já vi hoje fazerem comparações com o Kaká e vejo que não entendo os companheiros de imprensa esportiva.

Gabriel Campi 18 de fevereiro de 2010 22:20  

Olá Jéssica. O jogo do Milan x Manchester United foi um jogão de bola. Ronaldinho foi bem, mas a zaga do Milan deu espaços para o principal jogador dos ingleses: Rooney, e ele não perdoou. Acho que o Manchester classifica. O Real Madrid decepcionou, o Arsenal mesmo derrotado deve classificar e o Bayer poderia ter aberto uma mairo vantagem para o jogo da volta, na Itália.

Abraços.

www.blogfutebolnaveia.blogspot.com

  © Blogger template 'Solitude' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP