quarta-feira, 31 de março de 2010

As vitórias de Bayern de Munique e Lyon pela Liga dos Campeões

Bayern de Munique 2 x 1 Manchester United

A base da vontade e superação, o Bayern de Munique venceu o Manchester United, de virada, pelo placar de 2 a 1. Os gols da partida foram marcados por Ribéry e Olic, para os mandantes, e Rooney, para os visitantes.

Por ter marcado um gol muito cedo, com menos de dois minutos de jogo, o Manchester United passou praticamente a partida inteira jogando nos contra ataques, com somente Rooney de centroavante. Entretanto, esta proposta de jogo não funcionou, fruto do distanciamento do time completo dos Diabos Vermelhos para o seu camisa 10. Park, responsável pela ligação do meio de campo com o ataque, estava sobrecarregado marcando as descidas pela esquerda de Lahm.

Enquanto isso, o Bayern pressionava, mas sentia falta de Robben, que não jogou por estar contundido. As principais tentativas do time alemão eram pelo lado esquerdo com Ribéry, porém isto só foi eficiente no segundo tempo, quando uma infinidade de chance de gols foram criadas, mas que graças a ótima atuação do goleiro Van der Sar, só duas bolas chegaram ao fundo do gol.

Um dado interessante que serve para refletir um pouco do que foi o jogo, é que no segundo tempo a primeira finalização do Manchester foi aos 37 minutos, após cobrança de escanteio de Giggs e cabeçada no travessão de Vidic, e só.

Detalhe: No lance do segundo gol do Bayern, Rooney se machucou sozinho e pode desfalcar os Diabos Vermelhos por até 1 mês.


Lyon 3 x 1 Bordeaux

Com dois gols de Lisandro Lopez e um de Michel Bastos, o Lyon conquistou um importantíssimo resultado frente ao Bordeaux, ao vencer seus conterrâneos por 3 a 1. De quebra, ainda acabou com a invencibilidade dos visitantes nesta Liga dos Campeões.

Por jogarem “em casa”, já que as duas equipes são francesas, Lyon e Bordeaux não se intimidaram e desde o início do jogo os dois times criaram boas oportunidades de gols.

Entretanto, todos os gols do Lyon na partida foram originados através de falhas na defesa de seu adversário. No primeiro gol, o erro foi do zagueiro Ciane que cabeceou a bola nos pés de Bodmer. Já no segundo, foi à vez de Trémoulinas falhar ao furar a cabeçada. Já no último, a falha foi de Chalmé, que fez um pênalti infantil.

A vantagem do Lyon no jogo da volta é bastante significativa, mas o desfalque de Lisandro Lopes que não joga a partida de volta, pois está suspenso, pode igualar o confronto.

Detalhe: O gol de Michel Bastos consagra o bom momento vivido pelo jogador e que pode inclusive ser convocado por Dunga para a Copa. Entretanto, vale lembrar que ele no Lyon não atua como lateral, mas sim como se fosse um ponta direito.

Abraços a todos, Jessica Corais

2 comentários:

Gabriel Campi 1 de abril de 2010 10:44  

O Bayern mereceu vencer a partida, pois dominou o segundo tempo, e o Manchester não teve coragem de ir pra cima e decidir. E, sem Rooney, fica mais difícil. Já o Lyon, na minha opinião, irá se classificar, pelo bom futebol do Michel Bastos e os gols do argentino Lisandro Lopez.

Abraços.

Visite:

www.blogfutebolnaveia.blogspot.com

Gremista Fanático 1 de abril de 2010 11:15  

Olá Jessica, e bota superação nisso, o Bayer lutou até o fim e foi beneficiado com a vitoria que coloca o Manchester na obrigação de ir pra cima no jogo de volta, já o Lyon conseguiu uma vitoria mais tranquila, abraços.


Saudações do Gremista Fanático

  © Blogger template 'Solitude' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP