terça-feira, 20 de abril de 2010

Numa aula de aplicação tática, Inter de Milão vence o Barcelona pela Champions League


A partida da Inter de Milão sobre o Barcelona foi uma completa aula de aplicação tática dos italianos. Sinceramente, não sei se José Mourinho é o melhor técnico do mundo, mas o melhor treinador estrategista isto ele é. É impressionante a sua capacidade de armar sua equipe de acordo com o adversário. Às vezes dá certo, outras não, mas fato é que nesta partida, seu planejamento tático foi praticamente perfeito.

Exercendo a marcação característica de seu time, principalmente sobre grandes equipes, o time de Mourinho bloqueou quase por completo o time de Guardiola. Messi, Xavi, Ibrahimovic, não jogaram. Mesmo com volume de jogo, o Barcelona não conseguiu furar o bloqueio defensivo da equipe italiana, principalmente com Cambiasso e Thiago Motta. Este dois, junto com Zanetti, se revezavam no trabalho indigesto de marcar o argentino do barça.

Mourinho, ao contrário dos dois confrontos pela fase de grupos desta Champions League diante do Barcelona, conseguiu armar um esquema preciso e eficiente. Jogando a base de uma marcação excepcional, com Thiago Motta, ora Zanetti e ora Cambiasso marcando Messi, e saindo para os contra ataques rápidos, a partir da roubada de bola sobre seu adversário.

Esta derrota foi à quinta do Barcelona nesta temporada e a primeira por mais de dois gols de diferença sob comando de Guardiola, terminando com a hegemonia de 15 partidas seguidas sem perder do time catalão. Já ao longo da história, essa foi a segunda vitória da Inter sobre o Barça. A última até então, tinha sido pela Taça das Cidades com Feiras, na temporada 69/70. Além disso, desde 1970 a equipe italiana não conseguia marcar um gol no time espanhol.

Estes números só apimentam o jogo da volta que acontecerá na próxima semana, mas é claro que o confronto está totalmente aberto. A vantagem de dois gols é reversível por todo o potencial do time espanhol, mas para vencer, Pep Guardiola necessitará da capacidade técnica de Messi, do conjunto de sua equipe, além de todo seu poder como estrategista, para conquistar a classificação sobre o time tático e preciso de José Mourinho.

Abraços a todos, Jessica Corais

6 comentários:

Gabriel 21 de abril de 2010 00:54  

Foi exatamente isso que eu vi hoje. No time do Barça, o único momento onfesivo de fato foi a arrancada espetacular de maxwell, que inclusive resultou no único gol do time catalão. Também é necessário acrescentar que as ótimas atuações de Lúcio, Maicon e Júlio César, junto com Zannetti e Cambiasso. Vamos ver se o melhor do mundo resolve essa encrenca no jogo de volta...abraço

Gabriel Campi 21 de abril de 2010 12:31  

José Mourinho conseguiu anular todo o Barcelona, principalmente Messi. Entrou com três atacantes, mas em nenhum momento de descuidou lá trás. Maicon, Lúcio, Júlio César, Cambiasso, Janetti e Motta fizeram uma ótima partida, e garantiram a vantagem. Mas o Barça pode reverter.

Abraços.

Visite:

www.blogfutebolnaveia.blogspot.com

Marcelonso 22 de abril de 2010 10:06  

Jessica,

Messi além de ter sido anulado,não estava naqueles dias e o time depende muito dele.
Palmas para Mourinho,que soube armar muito bem seu time.


abraço

Claudio Henrique 22 de abril de 2010 10:34  

O Mourinho soube montar muito bem a defesa, anulando o Messi. O destaque vai para a evolução da equipe italiana na competição. Quem diria que depois daqueles jogos pífios contra o Bracelona, a Inter conseguiria vencer bem, dando uma aula tática aos espanhóis.

Abraços

Cleber Soares 22 de abril de 2010 15:27  

E ai Jessica, td blz.
foi um grande jogo, e a Inter mereceu.
Vale ressalatar a atuação apagadissima de Messi e as grandes defesas de Julio Cesar.
Mas ainda eu acho que vai dar Bayer.

Impasse Livre 23 de abril de 2010 12:15  

Merecido Jéssica e refletiu o que foi o jogo. bela análise, brilhante como sempre. sou seu fã de carteirinha...tava sumidão, mudanças no blog e na rpadio ...casa nova url nova apareça por lá tb...beijão, leandro

  © Blogger template 'Solitude' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP