domingo, 31 de outubro de 2010

As soluções de José Mourinho e a eficiência de Cristiano Ronaldo

Nessas últimas semanas tenho visto alguns jogos dos Campeonatos Europeus, porém escolhi comentar sobre aquele que, para mim, é o time do momento: o Real Madrid.

Começo citando a grande marca de 7 gols de Cristiano Ronaldo nos últimos 4 jogos do Real Madrid, sendo que, no total, a equipe marcou 13 gols. Nestes três jogos (tirando a partida contra o Murcia que terminou em 0 a 0), Ronaldo chutou 26 vezes, sendo que 13 delas acertaram o gol e 7 bolas entraram no fundo das redes.

Porém se o ataque do Real funciona, o mesmo ainda não se pode dizer da defesa, principal motivo de preocupação e o grande desafio de José Mourinho. Dois gols sofridos nos últimos 4 jogos até que não pode dizer que seja ruim, mas a situação que eles ocorreram é uma questão a ser avaliada. Diante do Racing Santander, o Real sofreu um gol quando o jogo estava 6 a 0, e contra o Hércules quando estava 0 a 0.

Mesmo com essa série de placares elásticos, não podemos afirmar com exatidão que a equipe de Mourinho jogou da mesma maneira nestes últimos jogos. Não entrarei na questão da formação tática, mas sim do padrão de jogo.

O lado esquerdo composto por Marcelo e Cristiano Ronaldo, que atua em média 68% nesta faixa de campo (no jogo contra o Hércules ele atuou apenas 3% pela direita), é, teoricamente, o setor que deveria ser mais utilizado por Mourinho, porém não é. Mesmo assim, isto não quer dizer que não seja eficiente.

Marcelo nestes últimos jogos mais marcou do que apoiou devido à constante presença de seus adversários que insistiram em jogar pelo seu setor, com o pensamento de que isso fosse neutralizar o principal lado da equipe madrilenha.

A solução encontrada por José Mourinho para está questão foi simples e muito eficiente: trabalhar a bola na direita e fazê-la morrer na esquerda através das finalizações de Cristiano Ronaldo.

Simplificando, o Real Madrid trabalha a bola na direita com Özil, Di Maria e Cia, porém, na maioria dos casos, a jogada termina numa finalização de Ronaldo vindo da esquerda. Entretanto, quando Marcelo tem espaço, ele também dá sua contribuição, como no segundo gol diante do Hércules, marcado por Cristiano Ronaldo.

Uma solução funcional encontrada por Mourinho e que até agora não foi neutralizada por nenhum treinador. Como parar Cristiano Ronaldo e o lado direito do Real?

Aguardemos os próximos jogos para descobrir.

Abraços a todos, Jessica Corais

Quem quiser se informar sobre o futebol europeu, tênis, vôlei, basquete, entre outros, acesse o site Esporte na Tela: www.esportenatela.com.br

1 comentários:

Gabriel Campi 1 de novembro de 2010 18:00  

Tens razão, Jéssica, o Real Madrid pode ser considerado o time do momento, Mourinho está conseguindo consilhar muito bem ataque e defesa, e a equipe tem um equilíbrio muito bom. Com isto, as estrelas começam a aparecer, como Cristiano Ronaldo, que vive um grande momento.

Abraços!

www.blogfutebolnaveia.blogspot.com

  © Blogger template 'Solitude' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP