segunda-feira, 11 de julho de 2011

10 de julho de 2011: Brasil 0 x 4 Mundo


Acordei no domingo (10/07) com a certeza de que teria um dos meus dias mais patrióticos da minha vida, tirando Olimpíada e Jogos Pan-Americano, claro.

Pela manhã, tinha Fórmula 1 com Felipe Massa e Rubens Barrichello e mesmo que não tenha grande entusiasmo com ambos o lado brasileiro fala mais algo em alguns momentos. Às 12h30, ocorreria o grande jogo das quartas de finais entre Brasil e EUA, da Copa do Mundo de Futebol Feminino e já neste caso, o lado verde e amarelo é predominante. Para fechar o meu dia, teria ainda Brasil e Rússia pela final da Liga Mundial, onde as chances de êxito se comparado a Fórmula 1 e ao futebol eram, no meu pensamento, “maiores”.

Na Fórmula 1, Rubens Barrichello nem foi visto na corrida e terminou em 13º. Já Felipe Massa “perdeu” a grande disputa no final da corrida numa chegada sensacional com o inglês Lewis Hamilton, quando acabou ficando em quinto por 24 milésimos.

Após a corrida chegou a hora do futebol feminino. Um gol aos 2 minutos me fez pensar que não seria o dia do Brasil, porém os dois gols de Marta me trouxeram a esperança de volta, porém o gol de Wambach, aos 17 minutos do segundo tempo da prorrogação, somado com a fatídica decisão dos pênaltis trouxe de imediato a minha mente a seguinte frase: “Mundo 2 x 0 Brasil”.

Eis que então ainda me restava uma esperança, a maior de todas: a seleção brasileira de vôlei. Não que minhas esperanças fossem por conta de um jogo vistoso, longe disso, mas a estrela de Bernardinho me fazia acreditar em um triunfo. Contudo, doce ilusão. Derrota de 3 a 2 para os russos e vice. Nova derrota.

Para os pessimistas, nossa maré de sorte acabou, vide que nunca tivemos estrutura em nenhuma dessas modalidades e os resultados foram frutos de uma geração sortuda. Para aqueles que ainda tiveram a felicidade de ver seu time vencer no Brasileirão é um consolo. Já para quem perdeu no Brasileiro fique tranquilo, pois mais derrotas do que todas essas num único dia nunca mais vai acontecer.

Sendo uma coisa ou outra este, de fato, não foi um dos dias mais agradáveis para o povo brasileiro... A sim, só para encerrar, perdemos de 4 a 3 para a Alemanha, na decisão do terceiro lugar da Copa do Mundo Sub-17.

Então, só me resta agora atualizar o placar e dar números finais ao “jogo”: Mundo 4 x 0 Brasil.

Abraços a todos,
Jessica Corais

3 comentários:

Carlos Henrique Pereira 12 de julho de 2011 09:12  

Jéssica,

Para completar o nosso momento de tristeza nacionalista em relação ao esporte, temos uma seleção de futebol masculino que há algum tempo não ganha e a esperança depositada em nossos jovens talentos minguam cada vez mais.

Gostaria de deixar um convite para visitar o nosso blog:
http://blogcraquesdebola.blogspot.com

Abraço,

Net Esportes 13 de julho de 2011 15:15  

E no sábado quase que o Brasil perdeu na Copa América .... o fim de semana realmente não foi para nõs não .... na F-1 eu nem ligo muito, o vôlei podia ter ganho, mas o futebol feminino foi o pior de todos, as meninas mereciam muito essa vitória ....

http://netesporte.blogspot.com

teofilo 13 de julho de 2011 21:44  

e o brasil so perd pra ele msm? sera?

  © Blogger template 'Solitude' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP