quinta-feira, 10 de novembro de 2011

L’Hospitalet e a vontade de parar o Barcelona

Nesta quarta-feira (9), o Barcelona entrou em campo contra o L’Hospitalet, time da terceira divisão do futebol espanhol, em partida de estreia pela Copa do Rei. A vitória foi um magro 1 a 0 fora de casa, com gol de Iniesta aos 42 do primeiro tempo.

Mesmo atuando com um time misto, sem Messi, Valdés e Daniel Alves, o Barça não perdeu suas características e dominou a partida durante todo o jogo. Contudo, ao contrário das partidas habituais, o domínio territorial e na posse da bola não se converteu em chances. Foram apenas oito chutes acertados a meta adversária.

A pouca objetividade e o placar podem ser explicados por dois aspectos principais: o primeiro é que Messi faz falta para qualquer time do mundo, mesmo que esse time tenha alguns dos melhores jogadores do planeta. O segundo ponto a ser considerado foi a marcação exercida pelo L’Hospitalet.

A disposição física em exercer uma marcação pressão, sem dar qualquer espaço durante todos os minutos da partida deve ser exaltada. É muito fácil para qualquer comentarista esportivo adivinhar qual é a proposta de jogo de cada adversário do Barcelona, a marcação. No entanto, o que muitas vezes é visto, é uma marcação forte em alguns minutos e depois um natural relaxamento no decorrer do tempo.

Entretanto, isso não aconteceu com o L’Hospitalet que atuou sempre na defensiva, raramente se lançando ao ataque, mas marcando sob pressão intensa em 90 minutos. Esta tática não só dificultou muito as coisas para o barça, como também permitiu que aquela goleada esperada pela equipe catalã não acontecesse. Defesa esta que foi exaltada por Pep Guardiola, treinador do Barcelona, após o jogo.

O autor do único gol da partida, Iniesta, declarou que a equipe não está acostumada a atuar em gramado artificial, usado no palco do confronto. Claro que o gramado influência, porém este é apenas um pequeno percentual de “culpa” do baixo desempenho do Barcelona nesta partida. Mais realistas são as teses de uma Messi-dependência e a ótima marcação do L’Hospitalet

O jogo da volta no Camp Nou está marcado para o dia 21 de dezembro e mesmo que Guardiola adote um discurso cauteloso afirmando que a classificação ainda está em aberto, só em caso de uma mega zebra o Barcelona não se classifica para a próxima fase.

Abraços a todos,
Jessica Corais

0 comentários:

  © Blogger template 'Solitude' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP